sexta-feira, novembro 05, 2010

Portal Cores: Saiba Tudo III



Portal:Cores

 continuando falando sobre cores ..  Portal Cores parte II

Cores Primárias subtrativas


A mídia que usa luz refletida e corantes para a produção de cores usa o método de cor subtrativa de mistura de cores.


Modelos de cores RYB

Roda de Cores Padrão RYB
O conjunto RYB (red, yellow, blue - vermelho, amarelo e azul) é um conjunto histórico de cores primárias subtrativas. Ele é usado principalmente em arte e educação artística, particularmente em pintura. Ele é anterior à teoria das cores científica moderna. O RYB é a tríade de cores primária em um círculo cromático. As cores secundárias VOG (violeta, laranja e verde) fazem outra tríade. As tríades são formadas por três cores equidistantes em um círculo cromático particular, mas nem RYB nem o VG são equidistantes em um círculo cromático perceptualmente uniforme, mas foram definidos como sendo equidistantes no círculo RYB. Pintores tem usado há muito tempo mais de três cores "primárias" em suas paletes e já foi considerado um grupo de quatro cores primárias, vermelho, amarelo, azul e verde. O vermelho, amarelo, azul e verde ainda são considerados as quatro cores primárias psicológicas, apesar do vermelho, amarelo e azul serem citados às vezes como as três primárias psicológicas, com o preto e o branco ocasionalmente sendo acrescidos como quarta e quinta cores.
Durante o século 18, conforme os teóricos se tornaram cientes dos experimentos científicos deIsaac Newton com luzes e prismas, o vermelho, amarelo e azul se tornaram as cores primárias canônicas - supostamente as qualidades sensórias fundamentais que são misturadas na percepção de todas as cores físicas e igualmente na mistura física de pigmentos ou corantes. Esta teoria se tornou dogma, apesar de abundantes evidências de que as misturas das cores primárias vermelho, amarelo e azul não conseguiram reproduzir todas as outras cores, e tem sobrevivido na teoria das cores até os dias atuais.
Usando o vermelho, amarelo e azul como cores primárias temos uma gama de cores relativamente pequena, na qual, entre outros problemas, verdes coloridos, cianos, e magentas são impossíveis de misturar, por que o vermelho, amarelo e azul não estão bem espaçados em torno de um círculo de cores perceptualmente uniforme. Por este motivo, processos de impressão moderno de três ou quatro cores, bem como fotografias coloridas, usam o ciano, amarelo e magenta como cores primárias. A maior parte dos pintores incluem em suas paletas cores que não podem ser criadas a partir de uma mistura de tintas amarela, vermelha e azul, e não podem ser posicionadas dentro do modelo de cores RYB. Alguns que usam um modelo de cores de três cores optam pelo modelo mais igualmente espaçado do ciano, amarelo e magenta usado pelas impressoras, e outros pintam com 6 ou mais cores para ampliar sua gama de cores. As cores ciano, magenta e amarela usadas em impressão são às vezes conhecidas como "azul processado", "vermelho processado", e "amarelo processado".

Modelo de cores CMYK, ou impressão em quatro cores


Mistura de cores subtrativas -
as primárias magenta e ciano
são às vezes chamadas de púrpura e azul-esverdeado,
ou vermelho e azul
Na indústria da impressão, para produzir as variadas cores as primárias subtrativas ciano, magenta, e amarela são aplicadas juntas em quantidades variáveis. Antes dos nomes de cor ciano e magenta entrarem no uso comum, estas primárias eram conhecidas como azul-esverdeado e púrpura, ou em alguns círculos como azul e vermelho, respectivamente, e a cor exata tem mudada com o passar do tempo com o acesso a novos pigmentos e tecnologias. 

Misturar amarelo e ciano produz cores verdes. Misturar amarelo com magenta produz vermelhos, e misturar magenta com ciano produz azuis. Na teoria, a mistura de quantias iguais dos três pigmentos deve produzir o cinza, resultando em preto quando todos os três são aplicados em densidade suficiente, mas na prática elas tendem a produzir cores marrom. Por isto, e para economizar tinta e diminuir o tempo de secagem, um quarto pigmento, preto, geralmente é usado além do ciano, magenta, e amarelo.
O modelo resultante é chamado de modelo de cores CMYK. A abreviação significa ciano,magenta, y para amarelo (yellow) e k, preto (key-black), é chamado de cor chave, uma abreviação de key plate que imprime os detalhes artísticos de uma imagem, normalmente usando a tinta preta.
Na prática, as misturas de cores em materiais reais como a pintura tendem a ser mais complexas. Cores mais ou menos saturadas podem ser criadas usando pigmentos naturais em vez de misturas, e propriedades naturais dos pigmentos podem interferir na mistura. Por exemplo, misturar magenta e verde em acrílico cria um ciano escuro - algo que não aconteceia se o processo de mistura fosse perfeitamente subtrativo.
No modelo subtrativo, acrescentar branco a uma cor, ou usando menos corante ou misturando o mesmo com um corante branco reflexivo como óxido de zinco, não muda o matiz da cor, mas reduz sua saturação. Impressão de cores subtrativas funciona melhor quando a superfície ou papel é branca, ou bastante próxima a branco.
Um sistema de cores subtrativos não tem uma gama simples de cromaticidade análoga ao triângulo RGB, mas uma gama que deve ser descrita em três dimensões. Existem muitas formas de visualizar estes modelos, usando vários espaços 2D de cromaticidade ou em espaços de cores 3D.

Cores Primárias Psicológicas

Cores puras baseadas no modelo
do processo oponente
de percepção de cores,
 vermelho, amarelo, verde e azul
 (chamadas de quatro cores primárias psicológicas),
 são geralmente aumentadas com o branco e preto para descrever a gama
completa de cores.
O processo oponente é uma teoria das cores que afirma que o sistema visual humano interpreta informação sobre cores pelo processamento de sinais de células cone e células bastão de uma forma antagonística. Os três tipos de cones tem alguma sobreposição no comprimento de onda da luz ao qual respondem, assim é mais eficiente para o sistema visual registrar diferenças entre as respostas dos cones, em vez da resposta individual de cada tipo de cone. A teoria da cor oponente sugere que existem três canais oponentes: vermelho versus verde, azul versus amarelo, e preto versus branco (o último tipo é acromático e detecta variações de claro-escuro, ou luminância). As respostas a uma cor de um canal oponente são antangonísticas as de outra cor. As quatro cores vermelha, amarela, verde e azul são chamadas de cores primárias psicológicas por que não parece ao olho humano que elas possam ser divididas em cores mais básicas.

Continua ..

2 comentários:

Camila (Cherry Pie Land) disse...

AMEI o post *0*

http://landcherrypie.blogspot.com/
http://fluffy-and-cutie.blogspot.com/

Marissa disse...

obrigada *--*

Follow by Email